top of page
  • mariana5157

Moda feminina cresce em Goiânia e alavanca vendas de atacado

Não é segredo para ninguém que o estado de Goiás se destaca como um dos maiores polos atacadistas do país. Entre confecções, lojas e distribuidoras, a indústria da moda tem crescido cada vez mais na região. E, com isso, conquistado um público fiel nos quatro cantos do Brasil, que hoje ocupa a 5ª posição mundial em produção de têxteis. Impressionante, não é mesmo?

Ainda, dentro do posicionamento macro do país, o Centro-Oeste tem se destacado há alguns anos e tomado ainda mais força graças ao polo da Rua 44, em Goiânia. Empregando mais de 90 mil pessoas, direta e indiretamente (de acordo com a Seplan), a localização demonstra todo seu potencial através da abrangência de departamentos que pode ser encontrada, como vestuário, acessórios, calçados, cosméticos e muito mais.


Além de ser reconhecida como um dos maiores polos de moda de todo o país, a capital se tornou preferência na rota dos grandes atacadistas do setor, graças à sua capacidade de atender um grande número de público com maestria. E esse status em evidência mostra não ser em vão, já que chegamos ao sexto lugar na maior produção de vestuário do país, com 50 milhões de peças por ano.


Para se ter noção da força do turismo de compras na cidade: segundo a AER44, em média 50 mil pessoas passam pelo polo atacadista só aos finais de semana. Isso quer dizer que muito mais do que girar a economia da moda, o polo tamb



ém tem peso na geração de oportunidades de emprego e incentivo a novos empreendedores.


Com toda essa força, estabelecimentos com diferenciais na estrutura, como o Mega Moda Shopping e o Mega Moda Park, têm atraído e conquistado a fidelidade de atacadistas de outros estados, que ajudam a movimentar os corredores das lojas e a economia de Goiânia e Goiás como um todo.

196 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page