Body shaming: não tenha vergonha de combater esse mal.

Publicado em às 15h44

A internet trouxe muitos benefícios para a sociedade. Mas junto com isso, muita coisa desagradável também apareceu. O body shaming é um desses problemas. As ofensas virtuais contra o corpo alheio afetam a todos: de pessoas comuns às celebridades mais famosas do mundo da moda. O body shaming precisa parar. E você precisa se proteger. Confira as nossas dicas.

O que é o body shaming

O body shaming é um termo em inglês que significa “vergonha do corpo”, mas o seu sentido é mais detalhado. Body shaming é o ato de fazer o outro sentir vergonha do próprio corpo. É a tentativa de constranger o outro a partir de comentários com críticas corporais.

Como evitar o body shaming

Alguns preconceitos estão tão enraizados, que muita gente nem sabe que comete um grande mal. O primeiro passo é analisar se seus comentários podem ofender alguém. Evite, por exemplo, ironizar ou falar negativamente sobre estilos de roupas, diferenças de peso, mudanças corporais ou sobre o estilo de quem você segue nas redes. Comentários desse tipo podem ferir outras pessoas.

Como lidar com o body shaming

O anonimato gerado pela internet não exclui as leis vigentes. A Lei de Crimes Digitais e o Marco Civil da Internet regulamentam e ajudam a manter os direitos de todos no ambiente virtual. Por isso, não deixe de ir atrás da justiça, caso seja preciso. Ofensa não é brincadeira, e grande parte delas possuem amparo no Código Penal, tais como:

– Difamação

– Ameaça

– Calúnia

– Injúria

– Falsa identidade

Juntos por um mundo melhor

Não deixe atos de body shaming falarem mais alto que a empatia. Ao ver comentários negativos sobre o corpo de outra pessoa, faça o contrário: demonstre seu carinho, revelando publicamente as qualidades e as conquistas do(a) dono(a) do perfil. Assim, os trolls da internet, ou seja, aqueles que gostam de intimidar, perdem espaço. E o ambiente virtual fica muito mais agradável.

O Mega Moda Shopping apoia a diversidade de todos os corpos e repudia toda e qualquer forma de body shaming. Nossas lojas e eventos são feitos para todos os tipos de pessoas que sabem o significado do respeito. E quando a gente se junta, o preconceito fica de fora.